Chapelaria mais famosa da capital mineira resiste ao tempo e a mudança de hábitos

A fotografia de Diló, em evento na cidade de Nova Era, na década de 1940, comprova que o chapéu no passado era acessório indispensável para a grande maioria dos homens

Além do Mercado Central, Palácio das Artes, mirante da Serra do Curral, Belo Horizonte tem muitos outros pontos de atração bastante interessantes, que não fazem parte do portfólio turístico da cidade. Um deles é a Casa Cabana, loja especializada em chapéus, que permaneceu na Avenida Amazonas por mais de 60 anos, e hoje, está em novo endereço, na Avenida Olegário Maciel, no Mercado Novo. Seu interior é uma verdadeira biblioteca cultural sobre esse utensílio, que no passado foi peça indispensável no dia a dia da vida dos homens.

Nos corredores estreitos entre o grande estoque de chapéus no interior da loja, o cliente encontra inúmeros modelos masculino e feminino

 

No novo endereço, no Mercado Novo, lado da Avenida Olegário Maciel

Todos os tipos de chapéus comerciais, é possível que se encontra por lá. Fundada em 1952 com o nome Casa Cubana, pelo irmão do atual dono, o libanês Elias Joukhadar, a Casa Cabana tem seu interior tomado por uma inumerável diversidade de modelos de chapéus, inclusive modelos clássicos que foram moda em suas épocas, como o chapéu Indiana Jones, Al Capone, Charlie Chaplin, de palha, Panamá, modelos caubóis do asfalto e bonés estilo americano.

Entre os outros artigos da linha sertaneja, o chapéu representa 50% dos negócios da loja

A Casa Cabana, que ficou famosa vendendo as marcas Prada, Cury e Ramenzoni, hoje  vende também roupas, jaquetas, botas, malas e cintos. O chapéu representa mais de 50% dos negócios da loja, item que vem caindo novamente no gosto popular, principalmente em épocas de aquecimento global, quando o chapéu proporciona ao usuário maior proteção à sua pele, e com mais eficácia que qualquer outro tipo semelhante.

Soraya Elias, filha de  Elias Joukhadar, que no passado vendia até 50 chapéus por dia, acredita em tempos melhores

UNIMED – Home

Faça um Comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Você não pode copiar o conteúdo desta página