Muita expectativa na chegada das primeiras vacinas

O prefeito Marcos Vinícius aplica a vacina em Ana Rita Pereira. Foto: Elvira Nascimento

 

Às vésperas de completar 72 anos, o município de Coronel Fabriciano recebeu hoje (19 de janeiro) seu primeiro lote da vacina contra a Covid-19, contendo 1.000 doses. O imunizante chegou em um helicóptero do Corpo de Bombeiro Militar direto de Belo Horizonte às 9 horas. Os primeiros fabricianenses vacinados, residentes no Lar dos Idosos São Vicente de Paulo foram: Luiz Bastos (67 anos) e Ana Rita Pereira (73). O prefeito Marcos Vinícios, que é médico, emocionado, foi quem aplicou as primeiras vacinas. Segundo ele, a vacinação inicialmente será em domicílio, priorizando os mais idosos e pessoas com comorbidade, com agendamento para a segunda dose, 14 dias após a primeira.

A vacinação que iniciou hoje está sendo vista como um presente para a cidade, que tem vivido momentos de apreensão diante do aumento de casos da Covid-19 em diversos estados, inclusive Minas Gerais.

Vacina desenvolvida pela farmacêutica chinesa Sinovac Biotech e pelo Instituto Butantan – Foto: Elvira Nascimento

As vacinas que chegaram ao Vale do Aço, no total de 17.200, que atenderão todo o Colar Metropolitano, foram desenvolvidas no Brasil pelo Instituto Butatan, com a farmacêutica chinesa Sinovac Biotech.

Coronel Fabriciano, cuja atividade econômica é o comércio, vê a vacina de forma muito positiva, que além de assegurar mais saúde à população, traz a esperança de manter suas atividades menos impactadas.

UNIMED – Home

Faça um Comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Você não pode copiar o conteúdo desta página